um BIFE PERFEITO

Nível de dificuldade

Facílimo

Tempo de preparação

Hora e meia, eu acho

Custo

Mais ou menos carote

Ora bem, mais do que mil palavras, hoje, um vídeo!
Um vídeo é uma hipótese fantástica de explicar uma receita e de ver como é que se cumprem aqueles passos e passinhos que escritos parecem truques, mas que no fundo não são, que no fundo não têm ciência nenhuma e que depois dão vontade de dizer “aaaahhhh, mas era só isto?”.
A convite da AEG, testei o forno Steam Pro, com sonda térmica, para confeccionar uma peça de vitela subordinada ao tema “bife perfeito”. Atingir o ponto perfeito da carne com um electrodoméstico que nos ajuda e facilita a tarefa é um luxo e faz de nós os melhores cozinheiros do mundo mundial!
Escolhi uma carne de vitela, que irei assar no forno, no programa steam crisp, ou seja, vamos fazer um assado perfeito, a vapor, e depois vamos, na placa de indução, fazer uma versão dois ponto zero, género actualização de software, de um molho muito especial.

Para além de uma conjuntura material ideal, quanto mais se dedicar aos seus cozinhados, melhores vão ser. Temperar a carne um dia antes, por exemplo, é uma óptima forma de extrair a maior quantidade de sabor daquilo a que se propuser!

Esta é a minha versão, e a receita segue-se no corpo de texto!

Ingredientes

1 Peça de lombo de vitela (800gr a 1kg)
1 cabeça de alhos
2 folhas de louro
2 copos de vinho branco
Azeite
6 pés de Tomilho fresco
Sal
Pimenta
1 cebola nova
1 cebola roxa
1 cálice de vinho do Porto
1 rodela de laranja
sumo de 1/2 laranja
Água

Modo de preparação

  1. Descasque os alhos e, na 1,2,3 ou num almofariz, como preferir, faça dos alhos, com um pouco de azeite, uma pasta para esfregar e untar bem a peça de carne;
  2. Cubra o fundo de um tabuleiro de ir ao forno com azeite, regue a carne com o vinho branco, acrescente 2 dos pés de tomilho e o louro e leve ao forno pré aquecido a 180ºC na função Steam Crisp do seu forno AEG e deixe cozinhar por cerca de 40 minutos, regando sempre, até começar a utilizar a sonda para verificar o ponto da carne;
  3. Neste caso, o forno AEG permite-lhe verificar, com a sonda electrónica, a temperatura que lhe diz o ponto ideal da sua carne: até 47ºC está mal passada, entre 50 a 60ºC está num ponto de cozedura média, e a partir dos 70ºC a carne estará bem cozinhada. Nada como a ajuda de uma sonda para não ter de se por a fazer futurologia ou a adivinhar os pontos de cozedura da carne! Caso queira uma carne média, acrescente uns 15 minutos ao tempo inicial, caso queira uma carne bem passada, duplique esse tempo.
  4. Entretanto, e porque é importante pensarmos num molho para a nossa carne, ponha ao lume uma panela com 1/2l de água e os restantes quatro pés de tomilho, a rodela de laranja mais o sumo, sal, pimenta, mais uma folha de louro e um alho e deixe ferver – está a fazer um caldo aromático para a sua carne! Atenção que, assim que levantar fervura, deve baixar o lume para o mínimo e manter o seu caldo a reduzir ao infinito.
  5. pique as cebolas finamente, mas às fatias, muito fininhas, vai fartar-se de chorar mas é mesmo assim, regue-as com o vinho do Porto e reserve.
  6. Quando a carne estiver no ponto que mais lhe agrada, faça o favor de verificar com a sonda e de se certificar que o exterior está estaladiço e bom, porque essa é mesmo a vantagem da funcionalidade steam crisp do forno AEG – a capacidade de fazer um assado a vapor, suculento e lindo, como um verdadeira chef profissional – retire-a do tabuleiro e cubra-a até servir. 
  7. Tudo o que está no tabuleiro, os sucos da carne, os líquidos, as gorduras, são essenciais para trabalharmos o molho abundante do nosso assado: sem retirar do tabuleiro, acrescente apenas as cebolas demolhadas em vinho do Porto e deixe que fervam, até amolecerem um pouco, porque queremos que fiquem mais ou menos caramelizadas. 
  8. Adicione um pouco do caldo que acabou de fazer, coando as ervas, e mexendo sempre, no tabuleiro, até que este esteja todo incorporado – é normal que a redução tenha feito evaporar muita da água do seu caldo, pelo que também é normal que lhe pareça pouco, mas mais vale pouco e bom!… 
  9. Rectifique os temperos, deixe levantar fervura e ferver cerca de cinco minutos, mexendo sempre, e sirva, a acompanhar a carne.
  10. Pode servir o molho com os elementos inteiros ou triturados.
  11. Acompanha muito bem com couve salteada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *